A Rose de todas nós

18 abr

Toda mulher um dia já chorou ou vai chorar com um filme em algum momento da vida. Eu penso que as que fazem pose de duronas dizendo que “nããão, eu nunca choro assistindo filmes”, é porque têm vergonha de admitir. Acho que chorar na frente da TV ou de uma tela de cinema mostra que ainda temos sentimentos e somos frágeis emocionalmente, mesmo nesse mundo de girl power, queima de sutiãs e (quase) autossuficiência feminina.

O causador de lágrimas do ano é Titanic. Seja em 2D, 3D, o que for, esse é um que sempre faz a gente morrer de soluçar. Eu vi quando era criança, e mesmo agora continuo chorando como 14 anos atrás. Em homenagem aos cem anos do naufrágio, resolveram colocar o filme em 3D no cinema. Fui ver com duas amigas, que, surpresa!, também choraram horrores.

ImagemPode parecer cafona, mas a cena de Jack e Rose na proa do navio é disparada a mais romântica de Hollywood. E aquela trilha sonora também é para acabar de amolecer qualquer coração. Choramos no Titanic porque a gente se identifica com a personagem que se apaixona e está disposta a abrir mão de muita coisa por causa de alguém, se a gente achar que vale a pena. Confiaríamos nessa pessoa de olhos fechados e nos entregaríamos, de corpo e alma, esperando que fizessem o mesmo por nós. E também porque gostaríamos de viver uma paixão arrasadora daquelas.

Existem duas frases emblemáticas nesse filme. Uma é da jovem Rose em cima da tábua no mar, quando solta a mão de Jack: “I’ll never let you go”. A outra é da Rose já velhinha, que diz que o coração de uma mulher é um oceano profundo de segredos.  E como isso é verdade! Quer dizer que ela nunca vai deixá-lo ir embora de sua memória, porque mulher não se esquece de suas paixões e de seus amores, e nem dos momentos passados com eles.

Guardamos no coração e nas lembranças cada sentimento novo, as sensações. Mesmo que a gente conte pra alguém uma situação que a gente viveu, a outra pessoa nunca vai entender exatamente o que a gente passou. Somos capazes de lembrar um amor 84 anos depois de ele ter passado por nossas vidas e resgatar toda emoção que ele proporcionou. O fato é que existe um pouquinho da Rose em cada uma de nós.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

LÍNGUA E LITERATURA

PROFESSORA MARIA LÚCIA MARANGON

A&D SCHOOL

studiarenonfamale-prof.Spagnuolo

A Bookaholic Girl

Blog sobre livros e um pouco de todo universo literário!

Arsenal de Ideias

Blog voltado ao universo da literatura! Aproveitem.

%d blogueiros gostam disto: