Essência x aparência

23 ago

 Taí uma coisa que a gente vê todo dia: galera compartilhando frases românticas no Facebook, e fora das redes sociais agindo como pegadores e pegadoras. O contrário também: pessoas postando frases de desapego, mas por dentro são super carentes.

Claro que você pode achar que uma coisa não tem nada a ver com a outra, mas querendo ou não seus amigos e contatos (e isso incluis os/as pretendentes) pensam que o que você posta condiz com seus pensamentos e seu estado de espírito. E novamente querendo ou não, a gente vive num mundo de aparências, ainda mais nas redes superficiais sociais. Lá estão pessoas que conhecem a sua essência, mas também os bofinhos quem queria te conhecer melhor e acaba tendo uma visão errada da sua pessoa. A velha máxima de que as aparências enganam. Se você aparenta ser desapegada(o), vão te chamar de piriguete (ou de muleke-piranha) e ninguém vai te levar a sério.E o mesmo fora das redes, como diz o Chapolin aí do lado.

Você também não precisa se importar com o que os outros pensam de você, e discordar totalmente de mim. Mas se você se importa com a sua imagem, é bom ficar esperto(a) nesse ponto. Todos estão sempre te olhando… e te julgando.

Foto: Trollamento.com

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

Arte Literária

“concebida como a arte da palavra materializada pela expressão do pensamento do artista seguindo as vivências relativas a cada época, a cada momento”

Hydra Ficções

Várias cabeças pensando a Ficção

Navio Blogueiro

Tantas coisas cabem neste navio, reflexões, crônicas, poesia, cultura, livros, filmes e tudo o que a nossa imaginação permitir.

Ópio Literário

por Cacau Correa

Amores Livres

Que a liberdade seja nossa própria substância...

Superinteressante

Acredite no conhecimento. Enxergue SUPER.

%d blogueiros gostam disto: