O que nós solteiras pensamos sobre relacionamentos

14 nov

Eu achava que só eu pensava dessa forma, até ver o seguinte texto de uma amiga no facebook (que ela gentilmente me permitiu postar aqui).

O ruim de ficar tanto tempo solteira é que você vê muitas coisas que não devia. Ou que todas deviam ver, não sei. E acredita cada vez menos em relacionamentos, lealdade, confiança. Tem vontade de ser solteira pra sempre, só pra não ter que passar por tudo aquilo que você já conhece de trás pra frente, ainda que ter alguém faça falta todo dia. Porque ter alguém também faz decepção, de sobra. E eu não tô afim. Vejo todos os dias os caras comprometidos, perdendo completamente a linha por aí.

Colocando a namorada no bolso, sem o mínimo de respeito ou consideração, pegando amiga, prima, mãe e depois se declarando nas redes sociais. E me dá náuseas, definitivamente, não é isso que eu quero pra mim. Não tô generalizando. Tô lamentando o que eu mais vejo na minha vida. Lamentando a morte gradativa da minha esperança de amor e coisas bonitas. Esses dias minha amiga ficou, pela milésima vez, com um carinha que namora. Eles tem tipo um rolo, o cara é galinha profissional, mas ele no facebook é encantadoramente apaixonado, figura clássica. Mais tarde, eu tava ficando com um garoto qualquer e ele recebeu uma sms que dizia “Eu te amo demais, mesmo você não acreditando. Espero pelo dia que vamos ficar juntos pra valer.”, ele leu, fechou e me beijou, sem esboçar nenhuma reação. Me deu um alívio enorme de estar ali por estar. E eu não consigo parar de pensar na história por trás daquela mensagem. E em como aquela menina devia tá se sentindo naquele momento, no quanto ela devia ter relutado pra escrever aquilo e se rendeu, num gesto de esperança, mais uma tentativa de fazer dar certo, de felicidade a dois. No quanto ela podia ser ou já foi eu. E, principalmente, no meu medo, de um dia, voltar a ser a menina que envia a sms. (Por Babi Fonseca)

Continuo a reflexão:

E há ainda outras coisas que a gente que é solteira vê. Por exemplo, namoros que não dão certo, casais que brigam todo santo dia, e insistem em continuar numa relação que todo mundo sabe que já não dá mais certo. Fico me perguntando que sentimento é esse. Já não é mais amor, e não existe mais carinho entre essas pessoas. Tenho várias amigas que namoram, e elas vivem reclamando de seus respectivos namorados. Por que continuar, então? Acho que é conveniência, só para não ter o trabalho de ter que chorar pelo fim da relação, e porque essas pessoas não sabem mais viver sem uma pessoa controlando elas 24h.

Sobre essa questão de homem canalha que fica com você e com outras ao mesmo tempo, porventura apaixonadas pelo tal cara, é mais do que comum. Acho uma falta de respeito enorme o cara ter namorada e sair atrás de outras também. O que aconteceu foi uma banalização dos relacionamentos. Hoje tudo tá muito fácil, as meninas “chegam chegando”, e como tá fácil desse jeito eles não querem abrir mão de todas que podem pegar por causa de uma. Às vezes chego à conclusão de que não existe amor, com uma leve esperança de encontrar alguém um dia que me mostre que estou redondamente enganada.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

LÍNGUA E LITERATURA

PROFESSORA MARIA LÚCIA MARANGON

A&D SCHOOL

studiarenonfamale-prof.Spagnuolo

A Bookaholic Girl

Blog sobre livros e um pouco de todo universo literário!

Arsenal de Ideias

Blog voltado ao universo da literatura! Aproveitem.

%d blogueiros gostam disto: