Tag Archives: cabelo

Nota 7

12 jul

Tem aqueles dias que a gente não tá a fim de nada. A gente perde a hora num domingo preguiçoso, acorda às 11 horas da manhã e não tá nem um pouco a fim de se arrumar pra ir até o mercadinho da esquina comprar o almoço. Porque, convenhamos, nenhuma mulher espera encontrar nada de interessante além de comida, refrigerante e chocolate no mercadinho da esquina.  Ledo engano.

Porque aí a gente resolve sair vestindo um moletom velhinho mesmo, aquela roupa de ficar em casa, a primeira que viu no guarda-roupa. Nem passa chapinha no cabelo, só dá uma ajeitada, já que daqui-ali são cinco minutos. E é daqueles dias que você não quer nem ver homem pela frente. Lei de Murphy impera aqui: tem coisa no mercadinho da esquina e você será avaliada de alto a baixo. É, justo hoje que você té com um moletom que manchou na máquina de lavar e que marca aquela calcinha de vovó que você usou pra dormir na noite passada.

De repente, quando você tá lá com sua cestinha escolhendo qual chocolate vai levar pra comer na sobremesa, aparecem dois marmanjos. Você dá um migué, finge que nem viu (querendo que a pessoa passando despercebida fosse você) e passa reto por eles. Mas você percebe que eles olharam pra sua bunda. Tá, deve ser impressão minha, eles não olharam, não.

Ah, eles olharam sim! Porque quando você parte pra outra prateleira, vocês os vê olhando des-ca-ra-da-men-te pra sua bunda. E depois, ouve um pequeno comentário: pra essa aí eu daria nota 7. Epa! Só por causa do moletom velho e o cabelo não-muito-arrumado. Você quer que eu vá ao mercado como quem vai pra balada?? Se estivesse assim você me daria nota máxima. Aliás, de acordo com a escala medíocre que os homens fazem da gente, nem existe graduação pra quando estamos produzidas.

É que na verdade esses moços ainda acham que a gente anda arrumada e linda o tempo todo. A Angelina Jolie, a Cléo Pires, a Beyonce, a Débora Secco… vocês as veem lindas porque na frente das câmeras elas aparecem desse jeito. Às vezes nem tão bonitas, mas mesmo assim vocês as enxergam perfeitas. E aí querem que a gente seja assim artificial o tempo todo. Até parece que nunca viram mulher de verdade, nunca conviveram com uma mulher da realidade

Até a Britney, que já foi tão gata, é pega de surpresa com um moletom velho e manchado. E com o cabelo desajeitado.

Anúncios

Eterno Desgosto com o Cabelo

9 jun

Não, nós mulheres nunca estamos contentes com nosso próprio cabelo. Se ele é liso, achamos que é escorrido, que tem pouco volume, que nenhum penteado fica por mais de meia hora, e queremos cacheado. Se é cacheado, achamos volumoso, que vive dando nó,  que é quebradiço, e queremos alisá-lo.

As morenas fazem luzes (aquelas mechinhas loiras) ou tingem. As loiras… tingem também! Por vezes não gostamos do comprimento: se é muito curto, fazemos aplique; muito comprido, passamos a tesoura. Mesmo a mulher mais desencanada com o visual, alguma vez na vida vai se preocupar com as madeixas: uma escovada, uma chapinha, um corte novo! Temos de pelo menos passar a mão no cabelo pra sentir se está tudo ok ou dar uma olhadinha no espelho pra fiscalizar se está tudo ok mesmo.

Nunca acreditamos em vocês homens quando perguntamos se estamos bem e vocês dizem que sim. Porque, na verdade, homem mente ou não repara nesses detalhes, salvo raríssimos observadores e os gays. Nada contra os gays, pelo contrário e aliás, quando somos elogiadas por um, nos sentimos as poderosas! Mas voltando… ficamos extremamente irritadas quando mudamos o penteado e vocês nem ligam, mesmo que de um dia pro outro alguma mulher que você viu de cabelo preto hoje, apareça amanhã com o cabelo vermelho. As impressões que temos são 1) não ficou bonito o suficiente;  2) ficou ridículo; 3) ele nem repara em mim.

Homens, uma dica importante: observem, reparem, comentem, elogiem! Mulher gosta de saber que alguém repara nela, gosta de ser elogiada. Não toda hora, porque acaba enjoando. Mas um simples comentário às vezes, quando nós nem esperamos, pode tornar o nosso dia (e até mesmo o seu, se estivermos de TPM) muito melhor!

Mas aí, vem outro problema: às vezes os elogios ao novo penteado soam como bombas. E quando a gente explode, vocês sempre se perguntam o que disseram de errado. Mulher é um ser realmente complexo. Quando ficamos insatisfeitas com um visual novo, qualquer comentário (mesmo você achando que foi positivo) pode receber uma resposta mal-educada. Antes de elogiar, olhem pros nossos rostos, vejam se parecemos tristes, bravas, normais ou felizes. Se aparentarmos estar com um desses dois últimos humores, podem fazer o elogio que receberão um sorriso meigo em troca. Caso contrário, melhor nem dizer nada, a não ser que a gente pergunte, aí você tem passe livre pra elogiar.

Outra coisa! Nunca, never, jamais, diga a uma mulher que o penteado novo dela ficou feio, mesmo que esteja realmente feio. No máximo, não diga nada. Se ela perguntar, não vacile na resposta, ela deve ser automática: “Ficou ótimo” ou “Você está linda”. Se ela insistir, continue dizendo que ficou lindo. A gente pede sinceridade, mas no fundo queremos um elogio pra melhorar nossa depressão pós salão de beleza frustrante. E você bem sabe que dá problema se a resposta for diferente…

associacaodasletras.wordpress.com/

Site da Associação das letras, promovendo a divulgação da literatura em Joinville e região

Blog da Boitempo

Aqui você pode encontrar informações dos livros e eventos realizados pela editora Boitempo. E, principalmente, pode interagir e ajudar na construção da editora que ousou ter uma cara e conquistou seu espaço produzindo livros de qualidade

Alecrim

Espaço terapêutico

Língua e Literatura

Blog da Professora Maria Lúcia Marangon

A&D SCHOOL

studiarenonfamale-prof.Spagnuolo

%d blogueiros gostam disto: